16 de dezembro de 2011

A grande mídia, no Brasil, não aceita nenhum tipo de controle social do que é veiculado e, quando alguma entidade da sociedade civil ou o governo criticam seus conteúdos ou opiniões, são imediatamente chamados de tiranos e inimigos da liberdade de imprensa. Queremos um país livre, livre o suficiente para que possamos criticar o que passa em nossas televisões e participar da escolha desse conteúdo. Somos a favor do controle social da mídia e acreditamos que a auto-regulação é autoritária e inaceitável em uma democracia.  - Movimento Direito Para Quem


https://www.facebook.com/direitoparaquem

Uma reflexão sobre os direitos inerentes à condição humana

14 de dezembro de 2011


Um dia no Futuro com Você



por Jaque Barbosa

E eu acordava querendo ter certeza que não era sonho. Os olhos ainda pesados, consequência das poucas horas dormidas desde o dia anterior. Não os abri. Fui te farejando que nem bicho. Seu pescoço, sua barba, o vão do seu braço. Era você mesmo. E abri os olhos para ter mais certeza que não era sonho. Com a visão embaçada, vi o branco das duas portas, alinhadamente fechadas. Através delas, não se via o dia – tinha-se apenas noção de como estava lá fora. Raios de luz entravam pelas pequenas frestas, anunciando que o dia já tinha desabrochado. Me desencaixei de você driblando seus braços que sempre querem que eu fique um pouco mais. Mas a luz entrava pelas frestas e eu precisava conferir como estava o dia lá fora.

Levantei sem achar os chinelos. Peguei o seu 45 que samblava no meu pé 37. Quase esbarrei nas taças de vinho vazias, sujas de vermelho tinto, ao lado da garrafa vazia. Resquícios da noite anterior. O cinzeiro, ao lado das garrafas no chão também continha indícios da noite passada. E imagino que, há alguns anos atrás, jamais iria imaginar que vinho, sonzinho, umas tragadas e você fossem ser meu conceito ideal de uma noite perfeita.

Tropecei em um dos brinquedos dos cachorros, que viviam sempre espalhados pela casa. A casa vivia sempre com brinquedos espalhados, babados, mordidos. Só que não por crianças. E sim pelos cachorros, que, ocupavam brilhantemente esse papel na família.
Pensei que deveria lavar o rosto e escovar os dentes, mas precisava conferir aquela luz que vinha da porta. O quarto escuro, dava poucos sinais de que o dia já raiava lindo. Mas eu suspeitava. Os diversos dias passados naquela casa já tinham me ensinado sobre os tons das luzes que entram no quarto. Fazia um dia lindo, eu apostava.

Virei a maçaneta da porta e a luz entrou com toda a força. Fazia um dia lindo, como suspeitava. De dentro, podia ver os cachorros se divertindo correndo atrás de algum inseto e rolando na grama. Eles provavelmente já tinham acordado há horas, mesmo depois de uma noite com interrupções de sono. Cachorro nunca dorme tão ininterruptamente como a gente. Eles são os guardiões da casa, você sabe. Ficam alerta o tempo todo. E a gente, pra compensar, deixa que eles entrem durante o dia e fiquem deitados debaixo da mesa, perto do quentinho do fogão de lenha.

Você ainda dormia, no cantinho da cama, como se eu ainda estivesse lá. Engraçado que, quando a gente gosta de dividir a cama com alguém, a gente perde pra sempre a mania de dormir no meio. Ficamos sempre mais pro canto, respeitando o espaço invisível do outro. Saí do quarto devagar, desci as escadas, abri a porta da cozinha. Os cachorros, pararam a perseguição às borboletas e vieram me dar a lambida matinal. Eu sei, também senti falta de vocês. Vêm pra dentro, vêm.

Coloquei a água pra ferver com açúcar e o pó no coador de pano. É só assim que sei fazer café. Tem que ir com o açúcar junto, se não perde o gosto de café de mãe. Mas sempre com pouco açúcar, e mais pó. A água fervia enquanto olhava da janela os primeiros pézinhos de rúcula querendo crescer. O cheiro da água quente ia afogando o pó de café e unindo tudo numa mistura irresistível. Aquele cheiro de café saindo era meu vício. Me lembrava de casa. Dos inúmeros cafés da tarde.

Enchi duas xícaras, tomei um gole – o primeiro da manhã é sempre impagável – e levei a sua para o quarto. Você já sabia que esse cheiro de café era sinal que eu já estava de pé, faz tempo. Essa foi uma coisa que nunca conseguimos alinhar. Você continuava dormindo tarde e eu acordando cedo. Joguei baixo – fui dando beijinhos enquanto a fumaça do café chegava até você. Bom dia. Fiz café pra gente. Você me puxa pra cama, eu deixo o café esfriando na cabeceira. E a gente encaixa aquela conchinha, daquelas difícil mesmo de explicar. O dia tá lindo lá fora, vamos andando até a cachoeira? Os cachorros, como que se tivessem ouvido, entram em bando no quarto e me ajudam a te acordar com lambidas de bom dia.

Enquanto você desperta, naquele ritmo vagarosamente gostoso e só seu, eu concluo, feliz, que aquilo é um sonho. Daqueles sonhados há tempo. Construídos num longo processo de detalhamento de paixões. Ninguém disse que seria fácil. E a gente, não sabendo que era impossível, fomos lá e fizemos. E me lembro daquela foto que te dei de aniversário e que toscamente montei com recortes de revista – a casa de tijolos, a montanha, os cachorros e a gente feliz da vida. Pra você olhar sempre, sabe, essas coisas atraem. Funcionou. Era o gosto doce do privilégio de poder viver um sonho, em vez de só sonhar.

13 de dezembro de 2011

DO AMOROSO ESQUECIMENTO

Eu agora - que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?

(Mario Quintana - Espelho Mágico)

Tenha um Feliz Natal

Have Yourself A Merry Little Christmas na voz de Melody Gardot, mais bela ainda...


Have Yourself A Merry Little Christmas

Oh yeah, mmm
Have yourself a merry little Christmas
Let your heart be light
From now on your troubles will be out of sight, yeah
Have yourself a merry little Christmas
Make the Yuletide gay
From now on your troubles will be miles away, oh

Here we are as in olden days
Happy golden days of yore, ah
Faithful friends who are dear to us
They gather near to us once more, ooh

Through the years we all will be together and
If the fates allow
Hang a shining star upon the highest bow, oh yeah, oh
And have yourself a merry little Christmas now, oh, oh

Faithful friends who are dear to us
They gather near to us once more, oh, oh

Through the years we all will be together and
If the fates allow, oh yeah
But 'til then we'll have to muddle through somehow, oh yeah, oh, oh
And have yourself a merry little Christmas now, ooh yeah, oh, ooh 

Tradução:
Tenha um feliz natal
 Demi Lovato

Oh yeah, mmm
Tenha um Feliz Natal
Deixe seu coração ser iluminado
De agora em diante seus problemas ficarão fora do caminho, yeah

Tenha um Feliz Natal
Celebre a véspera de Natal com algria
De agora em diante seus problemas ficarão milhas distantes, oh

Aqui estamos como nos velhos tempos
Felizes passados dias dourados, ah
Amigos leais que são muito queridos
Eles se reúnem conosco mais uma vez, ooh

Através dos anos nós estaremos juntos e
Se o destino permitir
Segure uma estrela brilhante no mais alto laço, oh yeah, oh
E tenha um Feliz Natal agora, oh, oh

Amigos leais que são muito queridos
Eles se reúnem conosco mais uma vez, oh, oh

Através dos anos nós estaremos juntos e
Se o destino permitir, oh yeah
Mas até lá nos vamos no confundir de alguma maneira, oh yeah, oh,
E tenha um Feliz Natal agora, ooh yeah, oh, ooh


http://www.vagalume.com.br/demi-lovato/have-yourself-a-merry-little-christmas-traducao.html#ixzz1gTLj5ZCw



Melody Gardot - Somewhere over the rainbow




Somewhere over the rainbow
Em algum lugar sobre o arco-íris
Way up high,
Bem alto
There's a land that I heard of
Existe uma terra sobre a qual eu ouvi
Once in a lullaby.
Uma vez numa canção de ninar

Somewhere over the rainbow
Em algum lugar sobre o arco-íris
Skies are blue,
Os céus são azuis
And the dreams that you dare to dream
E os sonhos que você se atreve a sonhar
Really do come true.
Realmente se realizam

Someday I'll wish upon a star
Um dia eu farei um pedido a uma estrela
And wake up where the clouds are far
E acordarei onde as nuvens estejam longe
Behind me.
Detrás de mim
Where troubles melt like lemon s
Onde os problemas derretam como pastilhas de limão
Away above the chimney tops
Longe acima do topo das chaminés
That's where you'll find me.
É lá que você me encontrará

Somewhere over the rainbow
Em algum lugar sobre o arco-íris
Bluebirds fly.
Azulões voam
Birds fly over the rainbow.
Pássaros voam por sobre o arco-íris
Why then, oh why can't I?
Por que, então, ah por que não posso?

If happy little bluebirds fly
Se felizes azulõezinhos voam
Beyond the rainbow
Além do arco-íris
Why, oh why can't I?
Por que, ah por que não posso?

12 de dezembro de 2011

Para MULHERES que QUEREM, PODEM e CONSEGUEM


O meu nome é MULHER!


No princípio eu era a Eva


Criada para a felicidade de Adão

Mais tarde fui Maria

Dando à luz aquele, que traria a salvação

Mas isso não bastaria para eu encontrar perdão.

Passei a ser Amélia

A mulher de verdade

Para a sociedade

Não tinha a menor vaidade

Mas sonhava com a igualdade.

Muito tempo depois decidi:

Não dá mais!

Quero minha dignidade

Tenho meus ideais!

Hoje não sou só esposa ou filha

Sou pai, mãe, arrimo de família

Sou caminhoneira, taxista, piloto de avião, policial feminina,

Operária em construção... Ao mundo peço licença

Para atuar onde quiser

Meu sobrenome é COMPETÊNCIA

E meu nome é MULHER!


Autor desconhecido


"O que falta nas pessoas não é muita coisa.

É apenas o dom de aceitar as diferenças alheias..." 


Não se acostume com aquilo que o faz infeliz.
Se for para ser viciado em algo que seja em felicidade. 
Lígia Guerra

Viver tem que ser perturbador



Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos ,um livro mais ou menos. 
Tudo perda de tempo. 
Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoração ou seu desprezo. O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia.


(trecho de O Divã)

‎"A beleza agrada aos olhos, mas é a doçura das ações que encanta a alma." Voltaire


Nunca se arrependa...
-
Se foi bom, é maravilhoso. Se foi ruim, é experiência !!!
A gente não precisa de certezas estáticas. A gente precisa é aprender a manha de saber se reinventar. 
De se tornar manhã novíssima depois de cada longa noite escura. A gente precisa é saber criar espaço, não importa o tamanho dos apertos.

Eu não caibo no estreito,


eu só vivo nos extremos.



(Clarice Lispector)

4 de dezembro de 2011

Para meus amigos

Para meus amigos que estão...SOLTEIROS
O amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá.
Mas quando menos esperar, ela está ali do seu lado.
O amor pode te fazer feliz, mas às vezes também pode te ferir.
Mas o amor será especial apenas quando você tiver o objetivo de se dar somente a um alguém que seja realmente valioso. Por isso, aproveite o tempo livre para escolher .

Para meus amigos...NÃO SOLTEIROS
Amor não é se envolver com a "pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos.
Não existem príncipes nem princesas.
Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.

Para meus amigos que gostam de...PAQUERAR
Nunca diga "te amo" se não te interessa.
Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.
Nunca toque numa vida, se não pretende romper um coração.
Nunca olhe nos olhos de alguém, se não quiser vê-lo derramar em lágrimas por causa de ti.

A COISA MAIS CRUEL QUE ALGUÉM PODE FAZER É PERMITIR QUE ALGUÉM SE APAIXONE POR VOCÊ, QUANDO VOCÊ NÃO PRETENDE FAZER O MESMO.

Para meus amigos...CASADOS.
O amor não te faz dizer "a culpa é", mas te faz dizer "me perdoe".
Compreender o outro, tentar sentir a diferença, se colocar no seu lugar.
Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores.
A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos;
mas sim o quanto nesses anos vocês foram bons um para o outro.

Para meus amigos que têm um CORAÇÃO PARTIDO

Um coração assim dura o tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir. 
Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom, mas não permita que ele chore para sempre. 

Permita-se rir e conhecer outros corações. 
Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar os outros, aprenda a viver sua própria vida.

A DOR DE UM CORAÇÃO PARTIDO É INEVITÁVEL, MAS O SOFRIMENTO É OPCIONAL!
E LEMBRE-SE: É MELHOR VER ALGUÉM QUE VOCÊ AMA FELIZ COM OUTRA PESSOA, DO QUE VÊ-LA INFELIZ AO SEU LADO.

Para meus amigos que são...INOCENTES.
Ela(e) se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade.
Mas pense que poderia ter acontecido com você. Seja sincero, mas não seja duro; não alimente esperanças, mas não seja crítico; você não precisa ser namorado(a), mas pode descobrir que ela(e) é uma ótima pessoa e pode vir a se tornar uma(um) grande amiga(o).

Para meus amigos que tem MEDO DE TERMINAR.
As vezes é duro terminar com alguém, e isso dói em você.
Mas dói muito mais quando alguém rompe contigo, não é verdade?
Mas o amor também dói muito quando ele não sabe o que você sente.
Não engane tal pessoa, não seja grosso(a) e rude esperando que ela(e) adivinhe o que você quer.
Não a (o) force terminar contigo, pois a melhor forma de ser respeitado é respeitando.

Pra terminar ...

Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata....
Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...
Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia saberemos que ser classificado como o "bonzinho" não é bom . .
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...
Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para dizer tudo o que tem que ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutar para realizar todas as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

Mário Quintana